Investimentos para o aeroporto de Cachoeiro serão retomados

Image

O Governo do Estado, por intermédio da Secretaria dos Transportes e Obras Públicas (Setop) e da Procuradoria Geral do Estado (PGE), fechou um acordo com o Governo Federal para extinguir a ação que pedia a suspensão do processo de licitação do bloco Sudeste, que inclui a concessão do Aeroporto de Vitória. O acordo foi homologado pela Justiça Federal em audiência de conciliação realizada nesta terça-feira (29).

Segundo o secretário dos Transportes e Obras Públicas, Fábio Damasceno, há um compromisso do Governo Federal na internacionalização do aeroporto de Vitória e a previsão de recursos para o desenvolvimento da aviação regional, incluindo projetos para melhorias na infraestrutura aeroportuária do Estado.

“Com esse acordo, vamos garantir a finalização do aeroporto de Linhares como terminal de passageiros e todos equipamentos para o que ele possa funcionar e também estudos para incluir o aeroporto de Cachoeiro de Itapemirim na malha regional. E com a concessão, teremos a operação de voos internacionais no aeroporto de Vitória. São medidas importantes, que não paralisam a concessão do aeroporto de Vitória e ao mesmo tempo possibilitam investimentos no sítio aeroportuário do Estado”, explica Fábio Damasceno.

Para o procurador geral do Estado, Rodrigo de Paula, o acordo é uma demonstração da capacidade de diálogo do Governo do Estado e como isso ser revertido em benefício da população. A ação judicial havia sido movida pelo Estado no final do ano passado.

“Para nós, esse acordo com o Governo Federal é uma conquista para o povo capixaba. De diálogo aberto, chegamos à um consenso, onde o Estado do Espírito Santo desiste da ação, através deste acordo formal, firmado com o Governo Federal, e assim o mesmo assume o compromisso em contemplar nossos aeroportos regionais nos planos de investimento, além da internacionalização do aeroporto de Vitória”, destacou.

A Audiência de Conciliação ocorreu nesta terça-feira (29) na 3ª Vara Federal Cível de Vitória. As partes concordaram com a extinção da ação, abrindo mão de interposição de recurso.

Além do secretário Fábio Damasceno e o do procurador geral do Estado, Rodrigo de Paula, também participaram da reunião o secretário Nacional de Aviação Civil, Ronei Saggioro Glanzmann, o procurador geral da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Gustavo Carneiro Albuquerque e o procurador federal José Guilherme Barbosa Oliveira.



Outras Notícias


Nossa Senhora Rainha

Entenda as principais mudanças da MP da Liberdade Econômica

Assunção de Nossa Senhora

Campanha vai coletar pilhas e baterias de celular usadas

Homens inférteis também podem ter filhos. Saiba como!

Polícia Militar apreende drogas, recupera motocicleta e detém homem com mandado de prisão em Cachoeiro

Ministério confirma 1.226 casos de sarampo no Brasil

Manifestantes se concentram em frente ao teatro da Ufes para ato público contra cortes na educação

Inteligência Artificial vai ajudar Governo a combater fraudes no Detran

Prefeitura consegue que Justiça reautorize Festa de Alegre

Incaper receberá um milhão de investimentos em infraestrutura até 2023

Espírito Santo confirma primeiro caso de sarampo em Cariacica

Santos Ponciano e Hipólito

Cachoeiro-ES terá recadastramento biométrico neste mês

Obesidade avança e mata 4 milhões de pessoas no mundo, diz relatório da ONU

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.