Ufes quer implantar curso de Medicina no Sul

Ufes

Se depender da vontade da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), o estado teria mais dois cursos federais de Medicina, um deles, no campus de Alegre, no Sul do estado e o outro em São Mateus, no Norte.

A instituição encaminhou solicitação ao Ministério da Educação (MEC) pedindo autorização e verbas para investir nas novas instalações e na contratação de professores e demais funcionários.

No entanto, o MEC não dá sinais de que irá autorizar mais um curso federal em Medicina. Em abril, o órgão anunciou a decisão de abrir cursos novos na área em todo o país.

Na avaliação da diretora do Centro de Ciências Exatas Naturais e da Saúde (CCENS) da Ufes, em Alegre, Neuza Maria Brunoro Costa, existe concentração de profissionais médicos na capital e carência no interior.

Neuza alertou ainda sobre a pouca quantidade de médicos generalistas – em comparação com o número de especialistas médicos – para atender aos programas de atenção básica.

Segundo a diretora, enquanto aguarda uma resposta do MEC, a Ufes trabalha internamente na preparação de uma proposta pedagógica, planejando o número de vagas, professores, laboratórios e estrutura necessária para o curso.

O campus da Ufes em Alegre teve grande crescimento nos últimos 12 anos. De quatro cursos, a unidade passou a ter 17 cursos, além de cinco programas de mestrado e três de mestrado e doutorado.

Atualmente, o campus possui dois centros. O CCENS e o Centro de Ciências Agrárias e Engenharias (CCAE). Ao todo, são mais de 3 mil alunos e 220 professores.

Medicina em Cachoeiro

Além da Ufes, em estágio mais avançado está o andamento do curso de Medicina particular em Cachoeiro de Itapemirim. O Ministério da Educação (MEC) realizou visita de monitoramento na cidade no final do mês passado e o processo atualmente está sob análise em Brasília.

Caso seja aprovado, o MEC vai publicar portaria no Diário Oficial autorizando o novo curso. No entanto, o órgão ressaltou que ainda não há nada definido. O curso, caso seja autorizado, será oferecido pela Multivix com oferta de 100 vagas.

A Multivix informou que está investindo na construção de uma nova sede em Cachoeiro com a preparação, nesse espaço, de toda estrutura necessária para o novo curso. Enquanto a nova unidade não fica pronta, a instituição já possui os equipamentos necessários no campos 2, no bairro Village da Luz.

A implantação da nova sede, segundo a faculdade, pretende fidelizar estudantes da região, evitando o deslocamento deles para os grandes centros, além de unificar toda infraestrutura existente nos dois campi e trazer o que há de mais moderno.



Outras Notícias


Unidades de saúde estendem horário de atendimento

Médicos alertam sobre superbactéria transmitida sexualmente

Mulher é baleada na cabeça e abdômen

Morador de Itapemirim encontra corpo em rio

Adolescente de 16 anos é detido com drogas e arma em Cachoeiro

Saiba como pedir aposentadoria por idade pela internet ou telefone

Bolsa Família começa a pagar benefício com reajuste

Pagamento da primeira parcela do 13º de aposentados começa em agosto

Brasil tem 677 casos de sarampo confirmados, diz Ministério da Saúde

São Símaco era conciliador, homem de justiça e sinal de paz

Santo Henrique e Santa Cunegundes

Mulher é presa transportando droga nas partes íntimas em Vargem Alta

Câmara aprova gratuidade na conta de luz para famílias de baixa renda

Veículo precisa de autorização do Detran para usar gás. Saiba quais cuidados tomar!

Homem suspeito de matar a esposa é preso em Atílio Vivácqua

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.