Quase 22 mil já vacinaram contra a gripe em Cachoeiro

Vacina-gripe

Com o Dia D de vacinação contra a gripe, realizado no sábado (12), subiu para quase 22 mil o número de pessoas imunizadas em Cachoeiro, desde o início da campanha, há três semanas. Com isso, a cobertura vacinal alcançou a casa dos 53% do grupo prioritário, formado por pouco mais de 40 mil moradores. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é chegar, pelo menos, aos 90%.

Para o Dia D, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) disponibilizou 34 pontos de atendimento na sede e no interior do município, sendo o Centro Municipal de Saúde Bolívar de Abreu, no bairro Santo Antônio, o local que registrou maior procura.

A campanha segue até 1º de junho. Precisam ser vacinados crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, mulheres até 45 dias depois do parto, idosos, trabalhadores da área da saúde, professores do ensino regular (fundamental, médio e superior), população privada de liberdade, trabalhadores do sistema prisional e portadores de doenças crônicas não transmissíveis. Também devem ser imunizados jovens e adolescentes em medidas socioeducativas, de 12 a 21 anos.

“Estamos entrando na quarta semana da campanha com uma cobertura vacinal dentro do esperado. O público que tem menor cobertura é o das crianças, com 37% (4,3 mil). Por isso, alertamos os pais que levem o quanto antes seus filhos da faixa etária de seis meses a menores de cinco anos à unidade de saúde mais próxima de casa para que sejam imunizados.

A vacina está disponível nas unidades básicas de saúde com sala de vacinação. O atendimento é feito das 7h às 16h. Quem preferir pode agendar pelo site agendamento.cachoeiro.es.gov.br um horário para atendimento em uma das dez unidades disponíveis no sistema.

Para receber a dose, é importante apresentar o cartão de vacina e um documento oficial. Além disso, estão sendo solicitados laudo médico para os portadores de doenças crônicas não transmissíveis; e, para os trabalhadores da saúde, declaração emitida pelo serviço no qual estão empregados, crachá ou contracheque, além do documento de identidade. No caso dos professores, declaração da escola, assinada pelo gestor, afirmando que o profissional atua em sala de aula.



Outras Notícias


Aeroporto de Vitória é vendido a empresa suíça por R$ 437 milhões

São Cirilo de Jerusalém, sacerdote e bispo

São Patrício, sacerdote missionário

Idosa é atropelada em cima da faixa de pedestre em Cachoeiro

Bolsonaro anuncia o fim de radares nas rodovias federais

Outono chegando: limpeza correta pode prevenir doenças respiratórias

Como os pais podem ajudar a desenvolver a aprendizagem bilíngue dos filhos

CPF vira documento único para acessar informações e benefícios do governo

Índice que reajusta aluguel acumula taxa de 7,68% em 12 meses

Páscoa: lojistas e fabricas de chocolate preveem 10% de aumento do faturamento no ES

Fique atento às datas: Provas do Enem serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro

Santo Inocêncio - Promotor da Paz

Mulher é detida com drogas e produtos roubados

Adolescentes consomem bebidas alcóolicas cada vez mais cedo

Trabalhador levará 40 anos para chegar a 100% do benefício, diz ministério

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.