Santa Ema, sinal de que a santidade passa pela caridade

Santa-ema

Santa Ema, administrava seus bens para o beneficio do próximo

Por parte de mãe, não existia testemunho nem incentivo à santidade. O chamado que ela tinha no coração era ao matrimônio. Casou-se com o conde Ludgero e teve um filho, cujo chamado era para a vocação sacerdotal. Iluminado pelo testemunho da mãe, tornou-se sacerdote e depois bispo. Ao ficar viúva, essa santa discerniu e decidiu consagrar sua viuvez ao Senhor, numa vida de oração expressa na caridade. Muitos conventos e abadias foram construídos graças à sua generosidade. Ela vivia no meio da sociedade, administrando seus bens para o beneficio do próximo.

Santa Ema passou os últimos momentos de sua vida numa abadia, após 40 anos de dedicação a Deus, faleceu em 1045. Depois de muito tempo abriram seu túmulo, e encontraram o seu corpo todo em pó, exceto a sua mão direita estava intacta, pois era com essa mão que ela praticava a caridade ao próximo. Um sinal de que a santidade passa pela caridade.

Santa Ema, rogai por nós!



Outras Notícias


Acidente entre dois caminhões deixa trânsito lento na Rodovia ES 482 em Cachoeiro

COMEÇA NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA (17) O MUTIRÃO DO REFIS 2017 EM MARATAÍZES

No Espírito Santo, sete em cada mil adolescentes serão mortos antes de completar 19 anos

Obras de Terminal Pesqueiro viram alvo de polêmica em Itapemirim

Santa Margarida Maria Alacoque, devota do Sagrado Coração de Jesus

Ifes abre inscrições para 3.726 vagas em cursos técnicos e de especialização técnica

Definido: motos vão passar a pagar rotativo

Homem leva tiro de raspão no rosto em Cachoeiro

Seca transforma paisagem no Porto do Pontal, em Marataízes

Adolescente morre após acidente envolvendo duas motos no interior de Itapemirim

Aedes Aegypti fez mais de 12 mil vítimas no Espírito Santo até outubro

Novo modelo do rotativo de Cachoeiro é apresentado em audiência

Prefeitura de Cachoeiro lança novo edital da Lei Rubem Braga

Beata Alexandrina Maria da Costa

Santo Alexandre Sauli - Bispo da Igreja de Aléria

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.