Agência prevê pedágio de até R$ 9,70 na BR-262 em trecho do ES

Domingos-martins01

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou, nesta quinta-feira (1), o edital para os leilões de concessão de dois trechos da BR-262 que passam pelo Espírito Santo e por Minas Gerais. A concessão prevê a exploração, por 30 anos, da infra-estrutura e da prestação de serviços como recuperação, conservação e manutenção do trecho que inicia no quilômetro 376,6, em Viana, na Grande Vitória, e se estende até o município de João Monlevade, na região central do estado mineiro.
Segundo o edital, a assinatura do contrato de concessão deve acontecer no dia 9 de dezembro de 2013. O projeto integra a terceira etapa das Concessões Rodoviárias Federais e está previsto no Programa Nacional de Desestatização (PND). De acordo com a ANTT, foi definido um esquema de pedágio com cinco praças de cobrança ao longo da rodovia, sendo dois em território capixaba e três em área mineira.
No Espírito Santo, a cobrança será feita no quilômetro 60, em Marechal Floriano, e no quilômetro 143, entre os municípios de Muniz Freire e Brejetuba. O valor cobrado na praça de Marechal Floriano será de R$ 9,70. Já o de Muniz Freire custará R$ 9. Em Minas Gerais, a previsão é de que as praças sejam instaladas nos municípios de Reduto, Matipó e São Domingos do Prata. A tarifa foi calculada em R$ 0,11 por quilômetro.
A publicação estabelece que a cobrança da tarifa só pode ser feita após a conclusão dos trabalhos iniciais no sistema rodoviário, a execução de 10% das obras de duplicação. Ainda segundo a ANTT, os orçamentos de investimentos e custos de operação foram feitos com base nos custos unitários das obras, equipamentos e serviços e também nos cronogramas de aquisição, reposição e operação. Os cronogramas teriam sido definidos em função do crescimento do tráfego e da manutenção dos padrões de qualidade estabelecidos para a rodovia. A receita do pedágio é prevista em R$ 7,82 bilhões.
O Tribunal de Contas da União aprovou o documento sem restrições nesta quarta-feira (31), sob prioridade. O órgão ainda pode alterar o edital caso identifique questões que possam afetar o processo licitatório.
Fonte: G1



Outras Notícias


Governo quer salário mínimo de R$ 1.040 para 2020

Senai Cachoeiro lança primeira turma do Curso de Qualificação Confeiteiro

Benefícios do chocolate: como aproveitar a Páscoa sem pagar o alto preço das contraindicações

Brasil é vice campeão mundial em cirurgias cesáreas

Mulher é morta em distrito de Alegre com pedra de 20 quilos na cabeça

Obras em trecho da rodovia do Valão são retomadas

Operação Quimera efetua prisões e afasta secretários em Vargem Alta

Justiça do ES não cumpre leis de prisão domiciliar para presas com filhos

São Crescente, foi martirizado por não negar a Jesus Cristo

Espetáculo da Paixão de Cristo terá duas apresentações em Jaciguá

Defensoria denuncia racionamento de água em presídio de Cachoeiro

Ministério registra aumento do consumo e produção de orgânicos no Brasil

Santo Isidoro, buscava a salvação das almas

Hospital do ES é condenado por dar falso diagnóstico de HIV

CNC projeta alta de 1,5% para as vendas da Páscoa contra 2% de 2018

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.