Quatro capixabas morreram em acidente no sul da Bahia

Acidente 3

Quatro capixabas estão entre as dez pessoas que morreram no acidente com um ônibus em Teixeira de Freitas, na Bahia, nesta quarta-feira (15), segundo informação de um perito do Instituto Médico Legal (IML) do município. O motorista do coletivo, também, morreu e as causas do acidente ainda estão sendo apuradas. Um dos corpos ainda permanece no local, mas a liberação deve ocorrer na tarde desta quinta-feira (16), pois a família já saiu de Vitória em direção ao município baiano, segundo o instituto. Vinte pessoas feridas foram levadas para o Hospital Municipal da cidade, mas ainda não foi feito o levantamento de quantos são capixabas, conforme informação da unidade.
O acidente ocorreu por volta de 5h, a 15 km da cidade de Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia. O ônibus, da empresa Águia Branca, que fazia a linha Vitória, no Espírito Santo, até Itamaraju, transportava 30 pessoas, com o motorista. O veículo saiu com 27 passageiros da capital e mais quatro embarcaram em Linhagem. Na parada de São Mateus outros dois subiram no ônibus. Entre as 10 pessoas que morreram está o condutor do veículo. A perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT) feita na BR-101 aponta que a principal hipótese até agora é de perda de atenção por parte do condutor do veículo. De acordo com informações do especialista coletadas a partir de análise do tacógrafo, o motorista trafegava a 80 km/h.
O capixaba Silas Santos Oliveira e a esposa estavam no ônibus e saíram feriram. Ele acompanharia a sogra até Itamaraju para uma audiência, mas ela acabou morrendo. “Um amigo que estava no ônibus viu quando o motorista foi para a contramão”, disse.
O marido de Luzia dos Santos, que é capixaba e ficou machucado após o acidente, contou à ela que também viu quando o condutor começou a dirigir na contramão. “Ele falou que o motorista andou uns 20 metros na contramão e uma mulher gritou para alertá-lo, mas aí ele já estava caindo na ribanceira. Meu marido foi jogado para fora da janela, pois estava sem cinto de segurança, por isso machucou muito”, disse.
Outro lado
Por meio da assessoria de imprensa, a Águia Branca afirmou que o motorista, um dos mortos, é considerado “top de ouro” pelo programa de qualificação técnica da empresa. Ele parou às 2h50 na “sala de estimulação” do posto de São Mateus e saiu às 3h05. Segundo a empresa, esse tipo de sala existe em todas as rotas e serve para revigorar o cansaço dos profissionais durante o percurso, como medida preventiva no caso de acidentes. Na sala, há estimulação luminosa, de atividade física e de alimentação.
Além disso, a Águia Branca informou há uma definição de velocidade em todas as rotas em que trafegam os ônibus da empresa, por meio de um sistema de telemetria. Por esses dois elementos, a empresa não trabalha com as hipóteses de que o motorista teria dormido ou que tenha havido excesso de velocidade e apura se algum fato externo, como animal ou buraco na pista, pode ter provocado a fatalidade.
A empresa disse que lamenta a morte de seu funcionário e dos passageiros e informou que está prestando toda a assistência aos familiares e vítimas do acidente em atendimento no hospital.



Outras Notícias


Governo quer salário mínimo de R$ 1.040 para 2020

Senai Cachoeiro lança primeira turma do Curso de Qualificação Confeiteiro

Benefícios do chocolate: como aproveitar a Páscoa sem pagar o alto preço das contraindicações

Brasil é vice campeão mundial em cirurgias cesáreas

Mulher é morta em distrito de Alegre com pedra de 20 quilos na cabeça

Obras em trecho da rodovia do Valão são retomadas

Operação Quimera efetua prisões e afasta secretários em Vargem Alta

Justiça do ES não cumpre leis de prisão domiciliar para presas com filhos

São Crescente, foi martirizado por não negar a Jesus Cristo

Espetáculo da Paixão de Cristo terá duas apresentações em Jaciguá

Defensoria denuncia racionamento de água em presídio de Cachoeiro

Ministério registra aumento do consumo e produção de orgânicos no Brasil

Santo Isidoro, buscava a salvação das almas

Hospital do ES é condenado por dar falso diagnóstico de HIV

CNC projeta alta de 1,5% para as vendas da Páscoa contra 2% de 2018

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.