Justiça suspende reajuste do pedágio na BR-101 previsto para a próxima semana

Pedagio

A Justiça Federal suspendeu, nesta sexta-feira (17), o reajuste do pedágio na BR-101 no Espírito Santo que estava previsto para a próxima segunda-feira (20). A decisão, do juiz Aylton Bonomo Junior, da 3ª Vara Federal Cível de Vitória, atende a pedido de tutela provisória de urgência em ação civil pública movida na semana passada pela seccional capixaba da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-ES).

A suspensão de qualquer reajuste ou revisão é válida, pelo menos, até a audiência de mediação marcada pelo juízo para o próximo dia 27 de junho, às 14 horas, entre a Ordem, a concessionária que administra a rodovia, ECO 101, e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

O juiz considerou, em sua decisão, a necessidade de transparência nos critérios de reajuste, o descumprimento do cronograma previsto no contrato de concessão pela ECO 101, e a necessidade de preservar os direitos dos usuários por um serviço de qualidade.

Ao completar seis anos de concessão, dos 197,3 quilômetros do trecho da BR-101 que corta o Estado que deveriam ser duplicados pela concessionária, apenas 20,5 quilômetros o foram, sendo que apenas 15,5 quilômetros encontram-se liberados para tráfego, ou seja, menos de 8% do previsto no contrato. A omissão da concessionária coloca em risco os usuários da rodovia, que registra elevado índice de acidentes e mortes.

“Essa situação da BR é o absurdo do absurdo. Existe um déficit muito grande na obra: cerca de 90% de atraso. E o consórcio quer seguir somente o cronograma do reajuste, não da obra. Assim fica complicado para o cidadão que precisa da estrada”, criticou o presidente da OAB-ES, José Carlos Rizk.

No último dia 10, o Ministério Público Federal pediu à Justiça, em tutela de urgência, que seja suspenso o reajuste das tarifas no trecho que corta o Espírito Santo. A medida é apontada como necessária até que haja normalização do cronograma de execução da duplicação da rodovia ou que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aplique corretamente descontos à tarifa por conta dos descumprimentos contratuais da concessionária e demais sanções cabíveis.

O MPF requer, ainda, que a decisão judicial explicite que podem ser permitidas apenas revisões negativas (com redução da tarifa) e de reajuste inflacionário, uma vez que vedar esse tipo de reajuste poderia acarretar risco de desequilíbrio econômico-financeiro do contrato que poderia gerar danos muito maiores ao usuário no futuro.

Para o MPF, a ECO 101 continua sendo ilegalmente beneficiada pela omissão da ANTT. Caso não haja intervenção judicial agora, “a inércia da ANTT e a postura da ECO 101 tendem a se prolongar durante todo o contrato, por 25 anos, com absurdo e insustentável prejuízo para usuários e sociedade capixaba”, aponta.

No entendimento do MPF, a ECO 101 permanece não executando as obras obrigatórias e essenciais para segurança e fluidez do tráfego, previstas no Programa de Exploração da Rodovia (PER), e o usuário continua a pagar tarifa cheia, tudo com a contribuição da conduta leniente da ANTT, que não vem determinando corretamente a devida e correspondente diminuição tarifária, tampouco usando seu papel sancionatório para fazer valer as obrigações da concessionária.

Em abril deste ano, a ECO 101 foi alvo da Operação Infinita Highway, que investiga a emissão de laudos fraudados que atestavam a qualidade das rodovias, evitando, assim, a aplicação de multas e outras penalidades pela ANTT. Três mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Espírito Santo, de acordo com a Polícia Federal, entre eles, na sede da concessionária, na Serra.



Outras Notícias


Incêndio em área da Suzano se alastra até Terra Indígena

Ufes projeta um déficit mensal de R$ 2,8 milhões em seu orçamento após cortes

Espírito Santo vai realizar ato em defesa da Amazônia nesta sexta (23)

Nossa Senhora Rainha

Entenda as principais mudanças da MP da Liberdade Econômica

Assunção de Nossa Senhora

Campanha vai coletar pilhas e baterias de celular usadas

Homens inférteis também podem ter filhos. Saiba como!

Polícia Militar apreende drogas, recupera motocicleta e detém homem com mandado de prisão em Cachoeiro

Ministério confirma 1.226 casos de sarampo no Brasil

Manifestantes se concentram em frente ao teatro da Ufes para ato público contra cortes na educação

Inteligência Artificial vai ajudar Governo a combater fraudes no Detran

Prefeitura consegue que Justiça reautorize Festa de Alegre

Incaper receberá um milhão de investimentos em infraestrutura até 2023

Espírito Santo confirma primeiro caso de sarampo em Cariacica

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.